Polícia

Martinez é o novo diretor da cadeia de Sinop

A cadeia de Sinop está sob nova direção. Magnovaldo Espíndola foi substituído por João Paulo Martinez de Andrade. O novo diretor veio de Rondonópolis, onde atuou por 10 anos como sub-diretor e diretor do presídio da Mata Grande.
Martinez disse que ainda está se inteirando da realidade do município e pretende dar continuidade ao trabalho que vinha sendo feito, adequando a cadeia aos poucos no seu estilo de trabalho. Entre as mudanças imediatas a serem implantadas, ele anunciou que pretende erguer os muros da cadeia, considerados baixos e trocar alguns portões, que considera inadequados.

Atualmente, 160 detentos estão lotando as dependências do mini-presídio. Além do diretor, o sistema prisional conta com 15 agentes carcerários, que se revezam em plantões, cada qual com 4 agentes.

O ex-diretor, Magnovaldo Espíndola foi designado para assumir a cadeia que será implantada em Nova Mutum.