Polícia

Mais dois integrantes de quadrilha que explodiu caixas eletrônicos são presos Mato Grosso

A Polícia Militar prendeu, hoje de madrugada, mais dois integrantes da quadrilha que explodiu caixas eletrônicos em um roubo a agência bancária, na última segunda-feira, em Guirantinga (320 quilômetros de Cuiabá). Eles foram pegos em uma área rural do Distrito de Nova Bandeirantes. Os  policiais da Força Tática foram acionados, por volta das 03h, por um morador que foi abordado por um dos suspeitos.

Ao verificar a denúncia na região da MT-270, o suspeito foi preso pela PM. As vítimas relataram que ele havia abordado alguns moradores do local, mandando um deles ligar para sua esposa. Neste momento o morador ligou para a polícia.

O acusado, já detido, contou aos policiais que estava dormindo em uma casa abandonada em um matagal naquela região. Os policiais foram até residência onde o suspeito estava escondido e, ao se aproximarem, um dos moradores visualizou a viatura e começou a buzinar, sinalizando para alguém que a PM estava no local.

De imediato, os policiais cercaram a região e capturaram o segundo suspeito. O primeiro homem preso na ação contou que havia encontrado um dos suspeitos já presos em uma festa em Cuiabá e que na ocasião eles haviam planejado o furto a banco em Guiratinga, o homem disse ainda que o suspeito detido com ele estava nas reuniões que também aconteceram na casa do idealizador do roubo.

Os dois homens relataram que tudo foi planejado e que a quadrilha tinha apoio nas cidades de Rondonópolis e que o comparsa preso com ele foi o responsável pela detonação das dinamites nos caixas eletrônicos.

Conforme Só Notícias já informou, dois caixas eletrônicos de uma agência bancária localizada no munícipio de Guiratinga foram explodidos por criminosos. Segundo a assessoria, a Polícia Militar flagrou a fuga do grupo e fez um cerco na região.

Os policiais fizeram diligências em Guiratinga, São José do Povo e em Rondonópolis, onde um homem acabou sendo preso, próximo ao parque de exposições.  Segundo a PM, ele confessou que havia dado apoio aos suspeitos durante o furto ao banco.

Redação Só Notícias (fotos: assessoria)