Polícia

Mãe e filha assassinadas em Sinop; jovem era filha de policial

Um crime brutal acaba de ser descoberto em Sinop. Foram encontrados, há instantes, em uma residência na rua das Seringueiras, no bairro Jardim Botânico (próximo ao centro de distribuição dos Correios) corpos de uma mulher e sua filha, uma adolescente de 13 anos. As primeiras informações dão conta que foram esfaqueadas e há suspeitas que tenham sido violentadas sexualmente.

Segundo o perito Wilson da Cunha, as vítimas apresentavam vários cortes pelo corpo e indícios que foram atingidas com golpes, possivelmente de martelo, na cabeça. Ele informou que maiores informações só serão repassadas após a necrópsia.

As primeiras informações são que os corpos estão em dois cômodos da residência. A Polícia Civil já identificou as vítimas: Silvia Regina Bertolazi e a menor R.B. A adolescente é filha de um policial, que trabalha na delegacia municipal. Ele não era casado com Silvia.

A polícia isolou a área para que os peritos do Instituto de Criminalística coletaram dados para serem anexados ao inquérito. Os corpos (fotos) foram levados para o Instituto Médico Legal. A delegada regional, Fatima Moggi, esteve no local, acompanhando o trabalho dos investigadores.

(Atualizada às 16:58hs)

Leia mais
Polícia de Sinop procura assassino de mãe e filha