Polícia

Jovem é assassinado a tiros em Sorriso; testemunha aponta participação de casal e PM faz buscas

Um rapaz acaba de ser assassinado no residencial JK, nas proximidades do bairro Mário Raiter, em Sorriso. Uma testemunha relatou que a vítima estava trafegando de bicicleta, quando um casal se aproximou e foram feitos vários disparos. Ele foi identificado pela Polícia Civil como Max Renan Santos de Oliveira, de 28 anos.

De acordo com essa testemunha, os suspeitos estavam em uma motocicleta Honda Biz vermelha. A mulher estaria pilotando a moto e o homem, que estava na garupa, seria o responsável por efetuar os tiros, segundo o terceiro-sargento Almeida, da Polícia Militar.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, porém, constatou que a vítima foi atingida por pelo menos quatro tiros no tórax e no rosto e faleceu antes de ser socorrida.

Segundo a testemunha, o casal envolvido no crime fugiu levando a bicicleta da vítima. Eles estão sendo procurados pela Polícia Militar. O local foi isolado para os trabalhos da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e Polícia Civil.

O corpo foi encaminhado ao IML e ainda não há definição do sepultamento.

Só Notícias/Herbert de Souza e Lucas Torres, de Sorriso (foto: Marcos Rafael e arquivo pessoal - atualizada às 9h03, em 25/10)