Polícia

Jovem acusa comerciante de homofobia em Sinop

A jovem, de 20 anos, registrou um boletim de ocorrência, ontem, na delegacia de Polícia Civil acusando um comerciante de homofobia. De acordo com o boletim de ocorrência, ela estava em uma entrevista de emprego, e o acusado perguntou se ela era casada. Quando ela respondeu que sim, com uma mulher, foi expulsa da empresa.

Segundo ela, o homem disse que “esse tipo de pessoas não serve para ele e, não colocava os pés em sua empresa”. Ele alegou que os funcionários e clientes não aceitariam.

O fato ocorreu no último dia 29, porém, só foi denunciado, ontem. A versão que ela apresentou passa a ser apurada.