Polícia

Identificada funcionária de escola assassinada em Sorriso e polícia busca pistas de criminoso

O corpo localizado, ontem à tarde, pela polícia, em meio a vegetação na rua Mar Negro, no bairro São Francisco é de Gislaine Aparecida, de 40 anos. A confirmação foi feita, há pouco, pelo delegado de Polícia Civil André Ribeiro, ao Só Notícias.

O delegado disse que ela seria dependente química. A motivação do crime começa ser apurada pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Até o momento, ninguém foi preso.

Gislaine trabalhava como zeladora em uma escola e morava do bairro Nova Aliança 2. O sepultamento será em Sorriso.

Conforme Só Notícias já informou, algumas pessoas localizaram o corpo e acionaram as autoridades. A Polícia Civil e Perícia Oficial e Identificação Técnica foram ao local. A principal hipótese é que a mulher tenha sido morta a facadas.

O crime pode ter ocorrido há três dias. O corpo estava na lateral da mata bem próximo a pista de caminhada que está sendo construída.

 

Só Notícias/David Murba (colaborou: Lucas Torres, de Sorriso - foto: Só Notícias)