Polícia

Homem morre em troca de tiros com policiais do Gefron em Mato Grosso; dois presos

O homem, de 31 anos, morreu durante a troca de tiros com policiais do Grupo Especial de Fronteira (Gefron), ontem, em uma propriedade rural particular, na cidade de Porto Esperidião (326 km de Cuiabá). Segundo informações policiais, ele teria invadido a área junto com outras três pessoas, dois homens e uma mulher. Dois deles foram presos acusados por invasão, tráfico, posse e porte ilegal de arma de fogo. O outro portava uma arma de calibre 12 e conseguiu fugir pela mata.

De acordo com a denúncia do pecuarista, dono da propriedade, os suspeitos invadiram a área localizada no distrito de Vila Cardoso, e “estariam traficando drogas e fazendo extração ilegal de madeiras”. A vítima relatou que foi proibida de entrar em sua fazenda sob ameaças de morte.

Conforme o boletim de ocorrência confeccionado pela Polícia Militar, a equipe do Gefron encontrou uma armadilha artesanal dentro da fazenda. Após a abordagem, um dos suspeitos teria tentado fugir do local utilizando uma pistola de 9 milímetros para disparar contra a equipe, que revidou e acabou atingido. Ele chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital de Porto Esperidião, mas teve a morte constatada pelo médico da unidade.

Foram apreendidas a pistola, três capsulas, e munições de calibre 12. Os presos foram encaminhados à Delegacia Especial de Fronteira (Defron), que investigará o caso.