Polícia

Homem foi assassinado no Nortão por vingança de crime que ocorreu há 16 anos, diz delegado

A delegacia de Guarantã do Norte esclareceu o homicídio de Nelson Favoreto, de 46 anos, a golpes de faca, há uma semana, em uma barbearia e indiciou os dois autores pelo crime. Os autores do crime como sendo dois irmãos. E.W.O de 36 anos, preso em flagrante no dia do crime, embriagado, em um bar e o outro envolvido, de 42 anos, que está foragido.

O delegado Lucas Lélis Lopes requereu a prisão do foragido e explicou que o homicídio foi motivado por vingança. Há 16 anos, Nelson matou e ocultou o cadáver de Alan Douglas Wagner de Oliveira, irmão dos indiciados. Desde então, Nelson foi jurado de morte.

Semana passada, os irmãos viram Nelson no salão e passaram a premeditar o crime. Eles foram até a casa dos pais, pegaram duas facas na cozinha, foram a barbearia, cumprimentaram o dono e atacaram a vítima sem que pudesse ter qualquer chance de reação. Eles fugiram em uma caminhonete, conforme registraram as câmeras de segurança e um acabou preso.

Os investigados foram indiciados por homicídio qualificado por motivo torpe, emprego de meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima.

Receba em seu WhatsApp informações publicadas em Só Notícias. Clique aqui.

Só Notícias (foto: Só Notícias/Lucas Torres/arquivo)