Polícia

Homem atira em gangue, briga com PM e família acaba na delegacia em Sinop

Ontem, por volta das 22:30h, uma família inteira foi detida pela Polícia Militar de Sinop, em uma residência na rua dos Buritis, no bairro Jardim Botânico, em frente a uma universidade. Tudo começou quando uma gangue foi até a residência para um acerto de contas com o filho de Jaime Bernardon. Ele, por sua vez, na tentativa de impedir a agressão, efetuou 5 disparos de arma de fogo para coibir a gangue, que saiu em disparada do local. Testemunhas acionaram a polícia após ouvir os disparos. No momento em a guarnição chegou no local, Jaime negou que portava uma arma, mas as testemunhas lhe reconheceram e os policiais pediram que ele os acompanhassem até a delegacia.

Houve discussão e confusão. O filho de Jaime, Douglas Bernardon é acusado de retirar o rádio de comunicação que estava com o sargento PM Joel Dupim, agredindo-o na cabeça, causando um corte. Os policiais reagiram tentando conter o jovem e a mãe também tentou agredir os PMs.

Com a necessidade do trabalho de quase 10 militares, todos acabaram na Delegacia Municipal e a polícia encontrou o revólver que havia sido utilizado, um calibre 38 e várias munições de espingarda calibre 28. Dentro da residência ainda foram apreendidas duas garrafas de bebida alcoólica. Douglas, Jaime e Regina Bernardon responderão, agora, por porte ilegal de arma de fogo, resistência a prisão e agressão a policial militar, comprovada em exame de corpo delito.