Polícia

GCCO faz operação no Nortão para prender envolvidos no assalto a duas cooperativas de crédito; 9 morreram

A Gerência de Combate ao Crime Organizado deflagrou, há pouco, a operação Volantes para cumprimento de ordens judiciais cujos alvos são criminosos investigados pelo assalto a duas cooperativas de crédito em Nova Bandeirantes (500 quilômetros de Sinop, em junho.

Foram decretadas 12 ordens judiciais pelo juízo da Comarca de Nova Monte Verde, sendo nove de prisões, duas buscas e apreensões e uma medida cautelar de monitoramento eletrônico (tornozeleira) A investigação comandada pelo delegado da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira identificou 22 pessoas envolvidas no crime. Destas, nove morreram em confronto policial e 13 foram indiciadas.

As buscas das forças policiais pelo bando de assaltantes resultaram em 12 armas de fogo apreendidas (3 fuzis, 3 espingardas, 3 pistolas e 3 revólveres). Outros R$ 20 mil em joias foram apreendidos, além de 13 veículos utilizados pelos criminosos em diversas etapas do roubo, desde o planejamento, a execução do assalto e a fuga. Também foram recuperados R$ 573 mil do valor levado das cooperativas

Conforme Só Notícias já informou, em julho, policiais encerraram a caçada pelos assaltantes de duas cooperativas de crédito em Nova Bandeirantes. O crime ocorreu no início de junho, cinco foram presos e 9 foram mortos em confronto com a Força Tática e Batalhão de Operações Policias Especiais.

Redação Só Notícias (fotos: assessoria e reprodução)