Polícia

Filhos acordam e encontram mãe assassinada em Sinop

A empregada doméstica Maria Eugênia Araújo de Alencar foi encontrada morta hoje de manhã, por seus 4 filhos, todos menores.
Ela estava deitada na cama e a polícia acredita que foi morta enquanto dormia. O principal suspeito é o ex-marido, que segundo a filha mais velha, de 17 anos ano, vinha prometendo matar Maria. De acordo com os peritos, ela levou 3 facadas: uma no pescoço, uma no braço e uma no rosto (maxilar).

A família morava na rua dos Tucanos, no bairro Recanto dos Pássaros, em Sinop. A polícia vai procurar agora localizar o suspeito, Felipe Neve Vieira de Alencar, 53 anos. Ele e Maria estariam separados há pouco tempo.