Polícia

Dois são presos por envolvimento no latrocínio de idoso no Médio Norte

O casal apontado como principal suspeito do latrocínio de Lorival Tasca, de 81 anos, no município de Tangará da Serra (239 quilômetros ao Médio Norte de Cuiabá) teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, após ser identificado em investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município, ontem.  O crime ocorreu no dia 4 deste mês, na residência do idoso, na Agrovila 12, assentamento Antônio Conselheiro. Os suspeitos espancaram a vítima para roubar um televisor.

A vítima morava sozinha e o fato só foi percebido no dia 7 pelos vizinhos, quando o idoso foi socorrido e encaminhado para o hospital. Devido a gravidade dos ferimentos, o idoso não resistiu e morreu cinco dias após o ocorrido.

Assim que foi acionada dos fatos,, a equipe da Derf iniciou as investigações, conseguindo informações sobre os possíveis autores do crime, um casal que morava em sítio na Agrovila 18, local conhecido por aglomerações de pessoas para uso de drogas e bebidas alcoólicas.

Com base nos elementos colhidos nas investigações, o delegado Edmar de Faria Filho, representou pelo mandado de prisão preventiva dos suspeitos pelo crime de latrocínio, os quais foram deferidos pela Justiça.  O suspeito foi preso na terça-feira, em Campo Novo do Parecis onde já cumpria pena por envolvimento em outro roubo.

Já a mulher teve a ordem de prisão cumprida na última quarta-feira  no município de Tangará da Serra. Interrogados, os suspeitos confessaram o crime e disseram que entraram para roubar, porém o idoso acordou enquanto eles estavam na casa.

Após o roubo, o casal fugiu e abandonou a televisão e a motocicleta utilizada no crime.

Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)