Polícia

Dois são presos acusados sequestro, tortura e assassinato de homem em Mato Grosso

Pai e filho, de 60 e 26 anos, foram presos, ontem, em Cáceres (225 quilômetros de Cuiabá), suspeitos do sequestro, tortura e assassinato de Otoniel Francisco de Carvalho, de 41 anos, que foi encontrado mort0 numa rua com marcas de tiro, e sinais de violência. Ele teria pedido ajuda na vizinhança e deixou rastro de sangue, que levou a polícia até a casa dos criminosos. Uma equipe do Corpo de Bombeiros esteve no local e constatou que a vítima já não tinha sinais de vida.

Testemunhas contaram que dois presos se aproximaram da vítima, em um veículo preto, dispararam os tiros e fugiram. Polícia Civil e os peritos da Perícia Oficial e de Identificação Técnica  foram acionados para os trabalhos, enquanto isso, a Força Tática conversou com testemunhas do crime. Com isso, descobriu que a vítima saiu correndo pela rua pedindo ajuda no portão de uma casa.

Otoniel estava com vários ferimentos no rosto e sangrava muito. Os policiais confirmaram que havia marcas de sangue no chão da casa, que seguia até uma casa de esquina.

No local, viram uma pessoa e com a aproximação, perceberam que tinha mais sangue pelo local, no portão e no quintal, do lado de dentro. Diante da suspeita, o suspeito foi abordado. Em busca, foram encontradas munições de calibre 38 em seu bolso.

Na casa, outro suspeito foi encontrado deitado em uma cama com a roupa suja de sangue. Também havia munições deflagradas e muitas manchas nas paredes.

A casa foi isolada para os trabalhos da perícia, segundo um levantamento, foi verificado que em um dos quartos que fica no fundo, havia indícios de que a vítima foi torturada no local.

A polícia também localizou o veículo parecido com que foi descrito pelas testemunhas utilizado para o crime. Ele estava em posse de outras pessoas e foi apreendido.

Agora, o caso segue sendo investigado para descobrir a motivação da morte.

Só Notícias/Gazeta Digital (foto: assessoria/arquivo)