Polícia

Circuito interno mostra participação de vigia em assalto em Sinop

O vigia Orlando Vieira da Silva, 40 anos, confessou à polícia que participou do assalto ao supermercado onde trabalhava, na avenida dos Tarumãs, junto com o segurança Carlos Alberto Araújo, 26 anos. Segundo o delegado Heródoto Fontenele, Carlos tentou inocentar Orlando e assumir sozinho e furto do malote com dinheiro e cheques, mas as câmeras de segurança interna acusam que duas pessoas participaram do crime.

“A câmera não tem infra-vermelho. Por isso, pelas imagens, não podemos confirmar quem eram as pessoas, mas o vigia confessou e disse que ajudou o segurança porque receberia R$ 50 mil como recompensa”, disse Fontenele.

Só Notícias apurou que o vigia teria entrado no supermercado e feito uma ação incomum, que foi a de desligar as luzes. Desativou o alarme e deu sinal de luz com a lanterna para o segurança que estava fora do prédio aguardando a confirmação para entrar.

Ambos estão presos e responderão pelo crime, sendo autuados em flagrante. Como Só Notícias já informou, o supermercado na avenida dos Tarumãs, em Sinop, foi assaltado no domingo e foi roubado um malote com R$ 180 mil, sendo R$ 140 mil em cheques e vales-compra e R$ 40 mil em dinheiro. Do dinheiro furtado foram recuperados R$ 37.488 que estavam em uma caixa de sapato, na casa do pai de Carlos. Ele queimou os cheques e vales compras.