Polícia

Cansada de apanhar, mulher mata ex-marido em Juara a golpes de machado

A PM de Juara (300 km de Sinop) prendeu, no final de semana, Vadineia Alves, 22 anos, acusada de matar o ex-marido, Adiron de Souza, de 33 anos, a golpes de machado, no sábado à tarde. Ele estava na residência quando foi atacado e teve a cabeça completamente esfacelada.

Valdineia confessou o crime, informa a Rádio Tucunaré, dizendo que desferiu dois golpes. Ela fugiu e se escondeu na casa de uma amiga. Disse que o machado era da vizinha e que pretendia lavá-lo e devolvê-lo. A acusada disse que havia muitas brigas e que Adiron lhe agredia.
Valdineia também afirmou que o ex-marido havia matado o primo dela e temia que o mesmo cumprisse a promessa de matar o filho.
Quanto a acusação de que o Adiron teria matado seu primo foi confirmado pela policia civil. Ele esteve preso e há quatro anos saiu da prisão.