Polícia

60 policiais tentam capturar quadrilha no Nortão

A Polícia Militar aumentou para 60 o número de policiais que tentam capturar
a quadrilha que assaltou um posto de combustível em Juara, na madrugada da última segunda-feira (23). A quadrilha é formada por cerca de nove integrantes.

As buscas estão sendo coordenadas pelo major Maurício Monteiro, titular do Comando Tático de Alto Risco (Cotar), e conta com policiais de Sinop, Juara, Tabaporã, Porto dos Gaúchos, Novo Horizonte do Norte, Sorriso e Alta Floresta. Estão sendo feitas barreiras nas entradas de todas as cidades da região, para dificultar a fuga da quadrilha.

O cerco está sendo feito na região de Tabaporã com 12 viaturas e armamento pesado. Os suspeitos, que estavam escondidos no meio de uma mata fechada, acabaram roubando um picape e alimentos de uma madeireira localizada no trevo de acesso à Tabaporã e voltaram a se esconder na mata.

A suspeita é que os suspeitos estejam fugindo com a caminhonete por trilhas feitas pelos madeireiros que extraem árvores do local.

Segundo o proprietário da picape roubada, o veículo tinha meio tanque de combustível, o que daria uma capacidade de 300 quilômetros de autonomia.