Opinião

Você é você mesmo?

Parece mentira, mas vivemos a maior parte de nossa vida imitando os outros, até esquecemos quem somos, nossos valores, qualidades, nossa cultura, tudo parece cafona ou fora de moda.
Perdemos o contato com nosso eu, vivemos em função dos outros, é a sociedade que ai está que, dita as normas: o que devo vestir, como devo me comportar para não parecer diferente, pois o negócio é ser igual ou parecido para ser aceito.

Mas e nossa vida como fica? Somos felizes, motivados e realizados, ou estamos à procura de algo que nem nós mesmos sabemos o que é?
Vejo pessoas que tem tudo o que a vida pode oferecer, mas, não são felizes, pois vivem escravos da mídia, da opinião dos outros; não são capazes de construírem sua própria história, vivem em função do que os outros acham, o que vão dizer etc… e por isso são tão infelizes.

Se temos que seguir um exemplo, um modelo, que tal Jesus Cristo. Jamais se viu alguém tão feliz e motivado, fez de sua passagem por aqui um show existencial, e olha que materialmente ele tinha tão pouco, mas viveu plenamente e cumpriu a missão que o Pai lhe deu.
E você… já se perguntou qual a sua missão aqui na terra, porque está aqui, ou simplesmente esta vivendo por viver?

Não está satisfeito com sua trajetória, pare repense sua vida reconstrua sua história, não desanime, procure se conhecer mais, se amar mais, se doe para os outros, pois existem coisas que trazem lucro, não para o bolso, mas para o coração.
Não deixe a vida passar por você e nem permita que escrevam sua história, seja o autor da mesma, ninguém pode dirigir a peça da sua vida por você, não aceite tudo que lhe impõem a sociedade que ai esta, entre no palco, você é o agente da mudança… SEJA FELIZ.

Lucidia da Rosa
Assessora da Infância Missionária em Sinop