sexta-feira, 23/fevereiro/2024
PUBLICIDADE

Sucesso ou felicidade ?

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Sucesso virou uma palavra da moda. Todos querem brilhar e receber aplausos.

Mas qual será o preço disso?

Quando o preço do sucesso é a própria felicidade, certamente não compensa.

O ser humano tem vocação natural para ser feliz, mas vive correndo atrás de miragens e ilusões que não preenchem sua existência.

A estrada pela qual caminha a maior parte da humanidade não leva a um destino feliz. E vitórias conseguidas assim deixam de ter sentido.

É preciso saber lutar como um leão, mas lutar por sonhos que valham a pena.

Lutar para ser admirado pelos outros é tolice. Realize seus sonhos com a naturalidade de um rio que corre livre por seu destino e não procura que alguém o aplauda.

Quando, no final da vida, as pessoas percebem que lutaram por algo sem valor, o arrependimento é inevitável. Lutar só vale a pena quando a causa é nobre.

O valor de uma vitória reside no significado da luta. Use sua energia para construir a sua felicidade. Essa é uma boa luta.

Viva a plenitude da experiência de brincar com uma criança ou saborear uma fruta. Aprecie o contato dos pés descalços com um gramado ou com a areia da praia. Perceba o vento batendo no rosto ou a água da chuva escorrendo pelos cabelos. Sinta a alegria de um pescador voltando para casa com o alimento para sua família.

O verdadeiro sucesso é satisfazer sua ânsia de felicidade, cumprir sua vocação de ser feliz. E isso você só consegue quando se relaciona com sinceridade com as pessoas que ama, quando é amigo de seus filhos e, principalmente, quando consegue ser amigo de si próprio.

Ser amigo de si próprio é compreender seus erros, é ser seu cúmplice para enfrentar os desafios, é motivar-se para superar novos obstáculos e, principalmente, desfrutar ao máximo a sensação de felicidade, sem culpa nem medo.

Ser feliz é o mais compensador de todos os sucessos.

Um grande abraço,

Roberto Shinyashiki – escritor, autor de diversos best-sellers, dentre eles: Sem Medo de Vencer; médico psiquiatra, com pós-graduação em Administração de Empresas (MBA – Universidade de São Paulo) e doutorado em Administração e Economia (Faculdade de Administração e Economia – USP)

 

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

Não é apenas água que falta em Várzea Grande!

Se você mora em Várzea Grande ou tem um...

Somos idealizadores de objetivos

Ao comprometermos com algo infinitamente superior as nossas forças,...

Aqui não cabe potoca

Antigamente, lá na roça os homens, em sentido lato,...

O seu pior inimigo pode estar no seu voto

Muitas pessoas estão apenas preocupadas em mudar o mundo...