Opinião

Ser futurista ou ser saudosista

Cada um de nós tem o seu tempo, e este tem a extensão da nossa existência, e, é medido por dois pontos: nascimento e morte. 
 Quantas pessoas vivem sentadas na esquina à espera de alguém que a ajude a viver no presente, pois tem grandes dificuldades de concentração nos seus próprios objetivos, e existem também aqueles que ficam martirizando pelo que fez de errado ou que deveria ter feito de melhor, e por outro lado, existem também aqueles que preocupam somente em decidir quando o futuro chegar.

É no nosso presente que está o nosso maior desfio, pois cada experiência passada pode até evitar a repetição de erros ou mostrar a direção que é possivelmente certa, mas ficar amando o passado ou vivendo de saudade, que são sintomas de quem dirige olhando no retrovisor, é dar um salto no escuro.

O importante é decidir através de ações planejadas, pois o insucesso, apesar dos pesares, são experiências necessárias para serem usadas no como referência e que podem ser descartados e aproveitados na construção do presente e para projetar o futuro.

Entenda que cada experiência será sempre nova e nela ficará apenas o lado bom ou o lado mal das decisões passadas, o importante é não deixar que essas ações imediatas, e que foram tomas por impulsos, venham prejudicar os projetos atuais, pois a soma dos segundos seguintes, farão partes do nosso futuro.

Desligar do que se foi, é necessário porque só o seu presente tem o remédio com a dose certa para redimir o seu passado, o importante é não viver de lamentações e de saudades, e não deixar-se escravizar pelo lado mal sucedido que ficou para trás, pois só você tem o poder de não deixar que o seu passado mal sucedido possa atingir o seu futuro ou que venha fazer você viver em estado de tristeza permanente.

O seu “agora” é um presente de Deus, pois nele contém vida e a sua vida faz parte da sua existência, por outro lado, o nosso tempo real é o momento presente que está sob o nosso comando, pois o passado pertence à história de vida e o futuro é a soma dos dias que virão, por isso, estão a espera dos sonhos, dos planos e da projetos que ainda não foram realizados, mas saiba que somente os empreendedores consegue enxergar o futuro antes mesmo o tenha acontecer.

Wilson Carlos Fuáh – Economista Especialista em Administração Financeira e Relações Políticas e Sociais em Mato Grosso - [email protected]