segunda-feira, 26/fevereiro/2024
PUBLICIDADE

Escureceu…

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Quando a situação é limite, a coisa fica preta. Delinqüentes de toda espécie formam listas negras. Alguém desagradável chega e fecha o tempo.

Por outro lado, uma orientação em boa hora clareia o pensamento. A mulher dá luz ao bebê. Os esclarecidos são inteligentes.

No mundo racista, preto, negro e escuro significa ruim, inferior, pior.

Em todas as sociedade escravagistas, como no Brasil, essa ideologia perpassa a vida das pessoas, muitas vezes sem que elas percebam. É o inconsciente coletivo. Nos detalhes, inclusive lingüísticos, perpetua-se o julgo de uma raça sobre outra, como se houvesse mais que apenas uma, a humana.

A maioria das crianças brasileiras que morrem por doenças tratáveis é negra. Parturientes negras morrem mais do que as brancas. A maioria dos empobrecidos nas favelas é negra. Nos presídios, purgam os negros e negras, maioria nas celas. Entre os que estão fora da escola, persistem os negros. A maioria dos trabalhadores na informalidade, sem direitos trabalhistas, é negra. Se isso não for apartheid racial…

Fala-se hoje sobre o bullying, que é o assédio psicológico e físico insistente na escola, e que gera alto nível de estresse e sofrimento à criança. O racismo é o bullying mais antigo. Já existia quando ainda não se falava nisso, nem se falava em racismo, nem em nada disso.

O fato de não ser preto não isenta ninguém de refletir sobre racismo. Devem refletir sobre isso todas as pessoas de bem, em todo lugar do planeta. Não é só no Brasil que isso acontece. O racismo é um problema internacional. E não apenas de negros.

O dia da consciência negra, no Brasil, é 20 de novembro, quando morreu Zumbi, herói brasileiro. Hora de lembrar que as coisas, situações e pessoas pretas e brancas são boas e ruins.

E tem tanta coisa linda preta. A noite escancarada, o mistério da madrugada, olhos como jabuticabas, a amora adocicada. O pelo da pantera. Esse povo brasileiro…

Essas coisas tão nossas, tão belas!

Keka Werneck é jornalista em Cuiabá.

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

Não é apenas água que falta em Várzea Grande!

Se você mora em Várzea Grande ou tem um...

Somos idealizadores de objetivos

Ao comprometermos com algo infinitamente superior as nossas forças,...

Aqui não cabe potoca

Antigamente, lá na roça os homens, em sentido lato,...

O seu pior inimigo pode estar no seu voto

Muitas pessoas estão apenas preocupadas em mudar o mundo...