terça-feira, 5/março/2024
PUBLICIDADE

A Nova Bandeirantes que queremos!

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

A comemoração de mais um ano de emancipação político-administrativa de Nova Bandeirantes neste sábado (11), é uma ótima oportunidade para destacarmos a necessidade de melhorias nos setores essenciais, como saúde, educação, infraestrutura e agricultura familiar.

Envidamos esforços na Assembleia Legislativa para a realização de obras estruturantes para a cidade. Com o nosso apoio, duas ambulâncias já atendem a população do município, houve também a cobertura do barracão do Parque de Exposição e o asfaltamento do centro de Nova Bandeirantes. 

A construção do laboratório de Análises Clínica, da sede própria da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), viabilização de colheitadeira de silagem e a pavimentação da MT-208, contaram com nossa ajuda na intermediação junto ao Governo do Estado.  

Porém, Nova Bandeirantes precisa de mais investimentos para poder caminhar rumo ao desenvolvimento. A cidade que queremos e sonhamos juntamente com a população, deve conter um serviço de Urgência e Emergência, que é precária. Atualmente, a cidade não conta com médico plantonista e quem necessita, precisa percorrer 220 km.

Na agricultura familiar, precisamos de um programa de fixação no campo e na área de infraestrutura, é necessária a conclusão da pavimentação da MT-208 e MT-417. Já no turismo, Nova Bandeirantes necessita de investimentos para explorar o potencial turístico ecológico que possui, em função de contar com as belezas do Vale do Rio São João e do Rio Juruena.

Aproveitamos este momento festivo para reafirmar o nosso compromisso com os 12 mil habitantes de Novas Bandeirantes. Continuaremos o trabalho para levar melhorias na qualidade de vida para a população que precisa de melhores condições nas áreas essenciais.

Parabéns Nova Bandeirantes

José Riva, presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

COMPARTILHAR

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias

Já nascemos prontos

Ao nascermos, seja em casas humildes ou alto-padrões, sempre...

Endometriose: A importância do diagnóstico precoce

O Março Amarelo começou! É o mês mundial de...

O Indizível

Quando menino, a mãe pedia para eu ir ao...