Opinião

A difícil escolha do óbvio

Muitas pessoas se comprometem com algo que é infinitamente superior às suas próprias forças, e com isso vão deixando pelos caminhos os sonhos que não são realizados e vitórias incompletas, até entender que a vida é um aprendizado constante.

Os determinados sabem que tem que dar os passos iniciais sabendo onde quer chegar, já os indecisos não sabem para onde vão, são andarilhos em volta de si mesmo, suas cabeças são povoadas de caminhos sem fim, e por isso, nunca conseguem seguir o rumo certo.

Até um dia entender que a felicidade é um fator contagiante, e é por isso, que um ambiente povoado de pessoas tristes, pesado e frio, pode também contagiar você. Saiba escolher até o seu habitat.

A vida nos dá a liberdade de mudar de ideia e buscar a realidade, pois ela nos ensina que temos que romper certas barreiras, jogar para bem longe certos valores e conceitos, mesmo passando por um período de incertezas é necessário seguir em frente, até tornar leve a tarefa em busca dos objetivos reais, porque nada vem de graça e a vida cobra responsabilidade a todo instante, só aqueles que não desistem, um dia poderá sentir a leveza da alma, que só os vencedores um dia já sentiram.
Veja que ao nosso lado existem pessoas de todo tipo, umas limitam a apenas a nos condenar, porque não somos do jeito que elas querem, reduzindo-nos as suas insignificâncias, existem também aquelas que fazem questão de prever as nossas possíveis tristezas e derrotas.

Mas, Deus coloca em nossas vidas, pessoas que são exemplos de perseverança e autenticidade, anjos que nos guiam para as nossas vitórias. O importe é inspirar, ouvir e estar sempre preparados para receber as ajudas celestiais, que às vezes vem em forma de avisos ou presságios, e são essas ajudas divinas que aparecem em nossas vidas como impulsoras, e nos fazem acreditar que só conseguiremos desenvolver e crescer se acreditarmos que existe em nós esse lado bom, e nos momentos de fraqueza é que devemos assegurar apenas nesse lado forte que às vezes parece escondido, evitando que o sentimento de culpa destrua a nossa vontade de seguir e essa força interior cheia de luz possa abrir novos caminhos.

Com o tempo, tendemos a nos caracterizar como um modelo de comportamento e de como nos apresentamos ao mundo das vaidades, e por vestirmos roupas espirituais inadequadas recebidas por crenças religiosas e não cristã, é que vemos por todos os lados pessoas vazias e angustiadas, perdidas e frustradas, e até nas suas relações mais simples, adotam comportamentos violentos e ações animalesca.

É fantástica a ideia de sentir-se renascer a cada dia fazendo sempre a mesma coisa sem considerar como um ato de rotina. As pessoas demoram a ver a vida assim, e saber que viver é simples como ouvir uma boa música, tomar um chá, sentir a brisa tocar no rosto, contemplando a natureza como se fosse o dono do mundo.

As pessoas esquecem-se dessas simples regras naturais da vida e deixam de ser o que realmente são, e caem em depressão.
Saiba comemorar a sua vida, pois ela é um milagre da natureza, veja que em sua cidade, junto com você existem milhares de seres vivos que estão simplesmente cumprindo o seu instinto de sobrevivência e esquecem, como você, que o primeiro mandamento da vida é ser feliz e que trazemos como missão compartilhamento de alguns acordos para fazer também outras pessoas felizes.

Quando você estiver com vontade de comer uma coisa gostosa, tire da sua cabeça, e coloque na sua barriga, mas não abuse. Quando tiver vontade de amar, tire da cabeça e coloque no seu coração, nesse caso pode abusar, pois o consumo demasiado do amor não faz mal.

 

Wilson Carlos Fuáh – Economista Especialista em Administração Financeira e Relações Políticas e Sociais em Mato Grosso - [email protected]