Geral

TCE abre concurso para Auditor Público em Mato Grosso

O Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso vai realizar concurso público para o cargo de Auditor Público Externo. O edital com a regulamentação do certame foi publicado no Diário Oficial do Estado que circulou no dia 22 de setembro de 2005.

O concurso reserva 35 vagas, sendo 32 de ampla concorrência e 3 para portadores de necessidades especiais. O requisito básico é a conclusão de
curso de graduação em nível superior reconhecido pelo Ministério da Educação. O salário inicial é de R$ 3.608,42, em regime de trabalho de 40 horas semanais.

As inscrições poderão ser feitas em agências credenciadas dos Correios (ECT) ou via internet. A taxa de inscrição é de R$ 75,00, salvo os casos de isenção previstos em lei. Nas agências credenciadas dos correios o período para inscrições será de 10 a 14 de outubro de 2005. Pela internet o prazo será de 10 a 16 de outubro na página eletrônica www.ufmt.br/vestibular.

A seleção será por meio de prova objetiva e avaliação de títulos. A prova objetiva será de caráter eliminatório e classificatório, com questões de múltipla escolha. O exame será realizado em Cuiabá no dia 18 de dezembro de 2005.

A prova objetiva vai aferir os conhecimentos dos candidatos em língua portuguesa, direito administrativo, constitucional e tributário, contabilidade geral e contabilidade e orçamento públicos, auditoria e análise das demonstrações financeiras e contábeis, matemática financeira, raciocínio lógico e noções de informática. Na avaliação de títulos serão considerados cursos de pós-graduação stricto sensu em nível de doutorado, mestrado e especialização.

Os auditores públicos são considerados a elite da área técnica de controle externo do TCE. São atribuições desses profissionais: realizar auditorias de legalidade e operacional programada, especiais ou de irregularidade;
proceder análise final e emitir relatório conclusivo nos processos, documentos e informações relativas a controle externo; definir pontos de controle de auditoria; verificar o cumprimento das normas, limites e
prazos relativos à responsabilidade na gestão fiscal; subsidiar conselheiros na realização de análises, elaboração de pareceres, relatórios e resoluções; avaliar tecnicamente documentos enviados pelos jurisdicionados e auxiliar no desenvolvimento de sistemas de informação.

A Universidade Federal de Mato Grosso, por meio da Comissão de Exames Vestibulares, foi contratada pelo TCE para realizar e executar o concurso. Maiores informações sobre o certame, inclusive o edital, podem ser obtidas
nas páginas eletrônicas do Tribunal (www.tce.mt.gov.br) ou da Universidade (www.ufmt.br/vestibular).