Geral

Sinop tem aumento de mais de 600% nas colisões de carros em postes no primeiro semestre

O levantamento da concessionária de energia, que Só Notícias teve acesso, aponta que Sinop teve de janeiro até junho 31 colisões em postes de concreto da rede de energia elétrica. No mesmo período do ano passado, foram apenas 4 registros. Ou seja, um aumento de mais de 670% desse tipo de acidente.

Consta do detalhamento repassado pela empresa, que foram três acidentes em janeiro, cinco em fevereiro, mais seis em março, dois em abril, e três e 12 em maio e junho, respectivamente. Nos seis meses do ano passado, houve uma colisão em poste da rede de energia elétrica em fevereiro e três em maio.

Segundo a concessionária de energia, incluindo mão de obra e materiais, o conserto pode variar entre R$ 1,2 mil até R$ 10 mil, dependendo da estrutura do poste e se tem transformador ou não. O valor é cobrado administrativamente e a dívida é reconhecida por lei.

Em Sinop, hoje de manhã, foi sepulta Antônia Damasceno Amorim, que estava em um GM Corsa que atingiu um poste de concreto da rede de energia elétrica na Estrada Amélia.

Em outro acidente, a Mercedes-Benz CLA 45 AMG atingiu um poste na rua João Pedro Moreira de Carvalho, nas proximidades do viaduto central (acesso entre as avenidas Júlio Campos e Alexandre Ferronato). Não houve registro de feridos.

Um Fiat Punto branco também colidiu em um poste, na estrada Nancy. Um homem e uma mulher ficaram feridos, foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados ao Hospital Regional. Em outro caso, o VW Golf atingiu dois postes na avenida dos Ingás, nas proximidades da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). Duas jovens, de 17 e 18 anos, foram arremessadas do veículo, caíram na calçada, foram socorridas

Só Notícias/David Murba (foto: Só Notícias/arquivo)