Geral

Sinop: fiscalização orienta sobre exigência de novo decreto e notifica bares com aglomerações de pessoas

A fiscalização municipal, com apoio da Polícia Militar, começou no final de semana inspecionar bares, lanchonetes e locais onde há eventos para certificar se as novas medidas de segurança do decreto do governo estadual para conter a disseminação do Coronavírus estão sendo cumpridas. De acordo com o secretário Municipal de Trânsito e Transporte Urbano, major Joubert Sacramento, foram 5 estabelecimentos fiscalizados e 2 notificados, entre bares, restaurantes e similares, onde há sempre grande movimentação de pessoas, principalmente à noite.

Desde a semana passada eles devem funcionar com máximo de 50% da capacidade do local, tendo como base o metro quadrado e o espaçamento de 1,5 metro entre as mesas/assentos. “O pessoal da vigilância Sanitária e Guarda Municipal ficou à frente, além da Polícia Militar que deu apoio e suporte na segurança desses profissionais. Nesses cinco estabelecimentos foram verificados a questão da capacidade das pessoas, com distanciamento”, explicou o major Rodrigo Varela.

Neste primeiro momento, os policiais fizeram orientação, mas o major garantiu que as fiscalizações continuam e, se houver desrespeito às normas estabelecidas, multas serão aplicadas. “ Foi apenas de caráter orientativo essa fiscalização. As próximas já serão notificadas e haverá aplicação de multas caso ocorra de novo a quebra do decreto. Haverá mais fiscalizações”.

O decreto do Governo do Estado está proibindo eventos sociais, festas, shows, atividades em casas noturnas e confraternizações com mais de 100 pessoas em espaços privados ou públicos. Ano passado, em Sinop, bares, lanchonetes e outros tiveram horário noturno de atendimento reduzido para evitar aglomerações, além do toque de recolher. Alguns acabaram sendo notificados e, diante da insistência em descumprir as exigências, acabaram sendo multados.

 

Redação Só Notícias (foto: assessoria)