Geral

Sepultado no Nortão motorista morto esmagado por toras após caminhão sair de estrada

O sepultamento do corpo de Anderson Marcondes dos Santos, de 22 anos, ocorreu, ontem, no final da tarde, em Cláudia (90 quilômetros de Sinop). Durante o cortejo fúnebre houve homenagens com a participação de vários caminhoneiros. O enterro estava previsto para ocorrer hoje, mas os familiares resolveram mudar a data após a chegada do pai dele.

Anderson  morreu no acidente envolvendo um Mercedes-Benz vermelho, que conduzia, em uma estrada vicinal, localizada a cerca de 3 quilômetros da cidade, na última quinta-feira de madrugada.

De acordo com informações da Polícia Militar, o caminhão estava carregado com toras, saiu da estrada, bateu em uma valeta e, com isso, as toras se desprenderam dos cabos de aço e rolaram sobre a cabine do caminhão matando Anderson esmagado. A versão ainda será investigada.

Ainda de acordo com a PM, proprietário do caminhão e da carga foi encontrado e compareceu à delegacia de Polícia Civil para prestar esclarecimentos. O delegado Joacir Batista dos Reis disse, em entrevista, ao Só Notícias, que a condução ocorreu porque não foi apresentada a documentação necessária da carga.

“Se a madeira tiver origem poderá responder pelo transporte ilegal. Não tendo, deve responder por furto e o transporte ilegal. Agora, por exemplo, se foi ele mesmo que mandou cortar as árvores, vai responder por extração, furto e o transporte ilegal. Ou seja, tudo ainda está em fase de investigação e poderá inicialmente responder em liberdade porque não foi autuado em flagrante por nenhum crime”.

Só Notícias/Cleber Romero