Geral

Sema fará operação para combater pesca predatória no Nortão

Rios que ficam no território da regional de Sinop – Teles Pires, Rio Verde, Arinos, Celeste, Nandico e Von Steinen – devem ser fiscalizados, a partir da semana que vem, pela Secretaria do Estado de Meio Ambiente. O objetivo, segundo o diretor Paulo Winter, é combater a pesca predatória. “Algumas denúncias estão chegando até nós e vamos apurar”, salientou.

Mesmo que fora do período da Piracema, quando a pesca é proibida, entre novembro e fevereiro, a secretaria determina alguns critérios para a pesca e estes serão exigidos durante a fiscalização.

Além de tamanhos, os pescadores só podem usar os apetrechos corretos, como tarrafas de iscas de 1,70m, permitido apenas para profissionais. Dez anzóis de galho por pescador profissional. As armadilhas são proibidas. Na carteira do pescador contém todas as medidas de cada uma das espécies. O pacu, por exemplo, pode ter no mínimo 45 cm, a piraputanga 30 cm, o pintado 85 cm e a matrinchã 40 cm.