segunda-feira, 27/maio/2024
PUBLICIDADE

Quatro armas e 1,3 mil munições são apreendidas no Estado

PUBLICIDADE

Investigações da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso levaram a descoberta de um comércio de munições e armas de fogo, em Juruena (região Noroeste), na sexta-feira (19). Uma pessoa foi presa com dois revólveres calibres 38, uma carabina 38 e uma pistola 380 e mais de 1,3 mil de munições de calibres 38, 380, 44 e cartuchos calibre 12.

A.S.B., 40 anos, foi preso em Juína, após informações que ele estaria na cidade para vender armas. O suspeito foi preso com dois revólveres. A partir da prisão dele, o delegado Mário Roberto de Souza Santiago Júnior representou por busca e apreensão na casa e em um mercado de propriedade do suspeito. "Acreditamos essas armas seriam comercializadas em Juína e região", disse o delegado.

Nas buscas, outras duas armas e munições foram apreendidas na casa do suspeito, em Juruena, onde também os policiais apreenderam parte das munições e camisetas de malha, dois bonés e uma boina da Polícia Militar. Mas grande parte das munições estava no mercado, local em que os policiais ainda apreenderam nove cartelas do medicamento Pramil, com 20 comprimidos, utilizado para disfunção erétil, que também era vendido a R$ 10 (proibido no país).

O suspeito foi autuado por crime de comércio ilegal de arma de fogo e crime previsto no artigo 273 do Código Penal, que trata da falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais.

De acordo com o delegado, há a investigação iniciou a há três meses com denúncias do comércio de armas no município.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Duas carretas tombam em trechos distintos de rodovia estadual em Sorriso

Dois tombamentos de carretas foram registrados, em menos de...

Apostadores de Cuiabá e Sinop ganham prêmios na loteria

O apostador de Cuiabá foi contemplado, no final de...
PUBLICIDADE