Geral

Professores farão atos públicos segunda-feira em todo o Estado

O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso realiza atos públicos em todos os municípios na segunda-feira, ‘dia do professor’, a fim de deve intensificar a mobilização junto à categoria, exigindo do governo pagamento imediato do piso salarial de R$ 965,10 e a implementação do piso salarial profissional nacional (PSPN) de R$ 1.050 para fevereiro de ano de 2008.

O sindicato deve enviar um documento às autoridades das esferas federal e estadual, com itens que reforcem a importância do programa pró-funcionário e a aprovação imediata do PSPN e mudança na tramitação do projeto de forma a acelerar a votação final.

A ação foi deliberada no Conselho de Representantes, nos dias 29 e 30 de setembro e, na assembléia geral, em 1º de outubro. A categoria decidiu rejeitar a proposta do governo, no item de “valorização profissional” da campanha salarial de 2007, que extingue o mecanismo de diferenciação salarial restante (6%) no mês de março de 2008.

Foi decidido ainda que todas as sub-sedes se envolvam na realização dos encontros regionais de educação, preparativos que antecedem a realização da Conferência Estadual de Educação, que será realizada em dezembro, em Cuiabá. Também cujos municípios que ficarem com número inferior a 2,7 na avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB).

As sub-sedes devem acompanhar o desenvolvimento dos convênios do Programa de Ação Articulada (PAR) e do Plano de Desenvolvimento da Escola (PDE-ESCOLA) a fim de garantir a transparência no diagnóstico da escola e dos municípios e nas ações do programa junto ao MEC.