Geral

Polícia investiga assassinato e sucídio ocorridos neste sábado em Sinop

Será sepultado neste domingo à tarde, em Sinop, o corpo de Davi Alves dos Santos, 51 anos, que trabalhava de serviços gerais, morto com 3 tiros de pistola 380, disparados por seu ‘ex-genro’ Ramon Orlando de Oliveira, também 51 anos, neste sábado de manhã, no bairro Boa Esperança, em Sinop. Depois de atirar em Davi e também balear o neto dele, de 14 anos, Ramon suicidou-se.

O corpo de Davi é velado em sua residência, na Rua 15, no bairro São Cristóvão. Diferente do informado anteriormente, Ramon não morava no mesmo imóvel (onde há três residências). A polícia investiga porque ele cometeu o homicídio e depois suicidou-se. Policiais da Delegacia Municipal apuraram que Ramon manteve um relacionamento com a filha de Davi -mãe do garoto baleado, que foi operado e passa bem- e haveria um desentendimento entre ambos.

O corpo de Ramon Orlando está em uma funerária que tenta localizar seus familiares no Mato Grosso do Sul. Não foi confirmado se o corpo dele será sepultado em Sinop.