Geral

Pedidos seguro-desemprego tem redução em Mato Grosso

Os pedidos de seguro-desemprego em Mato Grosso caíram 0,81% este ano. Foram 44,7 mil requerimentos nos primeiros 4 meses, segundo o Ministério do Trabalho, contra 45,1 mil no mesmo período do ano passado. Estatísticas do governo federal mostram que de 2016 para 2017, a demanda pelo seguro foi mais contida, já que no penúltimo ano os pedidos somaram 46,6 mil, confirmando redução anual de 3,19%.

O seguro-desemprego é assegurado por lei ao trabalhador dispensado sem justa causa. Para dar entrada no benefício, o trabalhador deve apresentar em um posto de atendimento do Ministério do Trabalho formulário preenchido do requerimento junto com outros documentos.

Ao solicitar pela 1ª vez o benefício o trabalhador demitido sem justa causa terá que comprovar o trabalho por no mínimo 12 meses com carteira assinada nos últimos 3 anos. Se for pela 2ª vez, a exigência para concessão do seguro é que tenha trabalhado 9 meses com vínculo formal nos últimos 36 meses. Já os trabalhadores que solicitam pela 3ª vez deverão comprovar recebimento de 6 salários consecutivos. A cada 16 meses, o trabalhador pode dar entrada no seguro.

Desde 21 de novembro do ano passado, o trabalhador dispensado do emprego pode requerer o benefício pela internet, imediatamente após ter em mãos a documentação para encaminhar o seguro-desemprego. O prazo de 30 dias para receber o benefício começará a contar a partir do preenchimento online, sendo necessário o comparecimento pessoal a um posto de atendimento do Sistema Nacional de Emprego (Sine) como procedimento necessário para evitar fraude.