Geral

Morto em acidente com carretas entre Lucas e Nova Mutum será sepultado em Rondonópolis

O corpo de Ivaldir Baumgardt, de 58 anos, será trasladado, hoje à tarde, para Rondonópolis (217 quilômetros de Cuiabá). Ele era casado e tinha cinco filhos. A funerária São Gabriel confirmou, ao Só Notícias, que o sepultamento está previsto para ocorrer nesta quarta-feira. O horário ainda será definido pelos familiares.

Ivaldir era o motorista do Volvo FH 460 branca, com placa de Marmeleiro (PR), que se envolveu na colisão com a Scânia G420 branca, placas de Jaciara, ontem à tarde, no quilômetro 669 da rodovia federal entre Lucas do Rio Verde e Nova Mutum. Já Volvo 440 branca, com placas de Alta Floresta, acabou passando por cima dos destroços da colisão das carretas e saiu de pista para evitar o choque. Os dois motoristas saíram ilesos.

A versão investigada é que a Scânia seguia sentido Sinop e teria invadido a pista contrária. Com isso, o último vagão da carreta colidiu transversalmente com a Volvo, que trafegava em sentido contrário. Com o impacto, a Scânia parou parcialmente sobre uma das pistas e acostamento. A Volvo tombou na faixa de domínio, parte da carga de milho derramou e matou o motorista.

Um ônibus Marcopolo Paradiso, placas de Goiânia (GO), que seguia sentido Cuiabá também acabou se envolvendo no acidente. O motorista precisou sair de rodovia para evitar colisão com as carretas. No veículo, viajavam 29 pessoas e ninguém ficou ferido.

Polícia Rodoviária Federal (PRF) esteve no local para registrar o acidente e ajudou no controle do tráfego de veículos. A rodovia ficou totalmente interditada por mais de 4 horas e liberação só ocorreu por volta das 18h, após análise da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) de Sorriso, que ainda apontará as responsabilidades pelo acidente.

Só Notícias/Cleber Romero (fotos: divulgação)