Geral

Motorista morto na colisão entre carretas e carro em Sorriso será trasladado para Bahia

O corpo do caminhoneiro Gonthenberg Alves de Leite, de 41 anos, passou pelos exames de necropsia no Instituto Médico Legal (IML) e foi liberado para ser trasladado para Campo Formosos, na Bahia. A funerária São Jorge informou, ao Só Notícias, que ele será levado hoje à noite até Cuiabá e seguirá de avião. O sepultamento está previsto para ocorrer na sexta-feira, em um vilarejo do município, onde moram os familiares.

Ele teve o corpo dilacerado na violenta colisão envolvendo uma Volvo branca, placas de Ipaciguara (MG), um Iveco Stralis vermelho, placas de Jataí (GO) e uma GM Spin prata, na BR-163 em Sorriso, nas proximidades do distrito Primaverinha.

Conforme Só Notícias já informou, no Spin estavam quatro pessoas. Uma delas foi encaminhada ao Hospital São Lucas, passou por exames e liberada logo pouco tempo depois. Três deles são servidores da prefeitura de Lucas do Rio Verde e estavam seguindo a Sinop quando ocorreu o acidente.

O agente da PRF, Vinícius Pedro Pelizer disse, anteriormente, houve uma invasão de pista. “O acidente ocorreu por volta das 5h30. Pista simples e basta um rápido deslize. (O) veículo perdeu o controle, invadiu a faixa contrária e houve a colisão frontal. Tudo leva crer que o motorista (de uma das carretas) pode ter dormido ao volante. Por alguma razão, ele se quer livrou a parte da cabine e colisão foi direta com o corpo do motorista. O terceiro veículo (da prefeitura de Lucas) não se envolveu no acidente, apenas saiu de pista para evitar a colisão”.

O tráfego de veículo fiou interditado nos dois sentidos, por mais de 4 horas. A liberação ocorreu por volta das 11h após a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) concluir às analises necessárias para emitir um laudo das circunstâncias de como ocorreu a colisão.

A cabine de uma das carretas ficou completamente destruída. A outra, Iveco, transportando calcário tombou e parte da carga caiu. As duas carretas pararam na rodovia.

 

Só Notícias/Cleber Romero (fotos: reprodução)