Geral

Ministério Público pede liminar para acabar com bloqueios na BR-163 em Sinop

O Ministério Público Estadual ajuizou, nesta tarde, uma medida cautelar em desfavor dos manifestantes do Acampamento Nova Aliança de Sinop e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Porto dos Gaúchos, pedindo o desbloqueio da rodovia BR-163, na altura do Camping Clube em Sinop.

Em nota enviada ao Só Notícias, o ministério alega que o “movimento extrapola o direito constitucional de manifestação e impede o direito do cidadão da livre locomoção em território nacional, acarretando enormes transtornos à população e incalculáveis prejuízos em razão do grandioso tráfego no local”.

De acordo com informações do Ministério Público em Sinop, o pedido de liminar foi encaminhado ao juiz da 3ª Vara Cível da Comarca de Sinop, Clóvis de Melo.
Se concedida a liminar, as 290 famílias acampadas às margens da rodovia e que estão interditando o tráfego há mais de 60 dias – em períodos alternados- deverão desbloquear o tráfego o mais rápido possível em caráter de urgência.

Conforme Só Notícias já informou, desde às 07:00h de hoje, a rodovia esteve bloqueada pelos trabalhadores, que cobram do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) a posse das terras da fazenda Mandaguari.