Geral

Mato Grosso é o 3º Estado a firmar cooperação com a CGU para intensificar combate a corrupção

A Controladoria Geral da União (CGU) e a secretaria estadual de Segurança Pública e Polícia Judiciária Civil assinaram, esta tarde, o acordo de cooperação técnica para compartilhamento de dados, informações, estudos, capacitações, sistemas informatizados, de modo a contribuir para a prevenção e o combate à corrupção. Mato Grosso é o terceiro estado em que a CGU passa a compartilhar o banco de dados com a Polícia Civil.

A troca de informações vau facilitar investigações de crimes fazendários, combate aos crimes de desvios de recursos públicos tornando-as mais céleres. A cooperação vai permitir a troca de informações das áreas de inteligência, investigação e correição. Tanto os servidores do órgão federal quanto da Polícia Civil passarão por cursos, treinamentos, palestras que possam auxiliar na execução das atividades institucionais.

O titular da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (Deccor), delegado Eduardo Botelho, avalia que a iniciativa é fundamental para que as investigações em que são necessários acesso a relatórios da Controladoria Geral da União. “São crimes que envolvem verba pública, além disso vai possibilitar que a própria CGU nos encaminhe de ofício, auditorias fiscalizadas que constatem a violação de verba estadual e que possibilita a instalação de inquérito policial. Hoje não temos acesso a esses relatórios da CGU, uma das vantagens do sistema de cooperação é que eles nos possibilitarão o recebimento de oficio dessas auditorias que servirão como notícia-crime, uma peça de instauração de inquérito policial. Isso vai facilitar qualquer delegacia que possa vir a utilizar essas peças informativas em inquérito que tramita no estado”, explicou.

O superintendente da CGU, Daniel Gontijo Motta, reforçou que “o objetivo dos nossos trabalhos são os mesmos, e temos um ganho enorme nesse aspecto, principalmente para CGU que é um órgão pequeno e que precisa atuar no Estado todo, então com um apoio da Sesp, da Polícia Civil do Estado, nos ajuda muito e para nós é fundamental”.

A informação é da secretaria adjunta de Comunicação.

Só Notícias (foto: assessoria)