Geral

Mais um abalo sísmico de 1,5 grau é registrado em Cuiabá

O abalos sísmico de 1.58 grau na escala Richter (que serve como parâmetro para dimensionar abalos sísmicos) ocorreu nas proximidades da MT-351, na última quinta-feira e divulgado hoje no sistema do Observatório Sismológicos (Obsis) da Universidade Nacional de Brasília (UNB). Conforme Só Notícias já informou, um dia antes também teve um tremor com a mesma magnitude. Em ambos não ocorreram danos em residências, por exemplo.

Na região de Porto dos Gaúchos (248 quilômetros de Sinop) já foram registrados entre 2016 e novembro deste ano, 15 tremores de terra. Anteriormente, o doutor em geofísica e chefe do Obsis, Marcelo Pires Rocha explicou que todos os tremores sísmicos estão relacionados com falhas geológicas existentes na região.

“É uma região que existe um enfraquecimento na crosta terrestre e, por isso, os terremotos acontecem. A grande dificuldade de caracterizar esse dano é a falta de monitoramento ao longo dos anos. Há 5 anos, conseguimos uma rede para registrar terremotos em todo o país. Na região de Porto dos Gaúchos, nós temos uma estação que tem facilitado”.

Só Notícias/Cleber Romero