Geral

Mais duas empresas em Sinop são multadas em R$ 79 mil por poluição sonora; gerente é detido 

A ação de fiscalização foi, neste domingo de madrugada, e resultou na aplicação de autuações em mais dois bares, nas proximidades da praça Plinio Callegaro, na região central. Cada um recebeu multa de R$ 39,8 mil por poluição sonora, já que estavam com volume de som superior ao permitido.

Uma fonte de Só Notícias informou que um dos estabelecimentos estava com volume em 82 decibéis e outro em 77. O permitido pela legislação é de 60 decibéis. Também havia grande aglomeração de pessoas nos dois locais.

Consta também no documento que um dos gerentes chegou a ser preso e precisou ser algemado, já que apresentava resistência às ordens. O outro, não resistiu e foi conduzido sem utilização de algemas para os procedimentos necessários.

Só Notícias também teve acesso aos boletins de ocorrência das ações. É detalhado que em um dos locais, foi apreendido o console principal da mesa de som, e no outro o aparelho de som.

Os policiais ainda registraram que em um estabelecimento havia clientes em pé, sem uso de máscara, e desobedecendo o distanciamento social de 1,5 metro entre as pessoas, descumprindo assim medidas impostas em decreto.

Participaram da operação equipes da Polícia Militar, com a Força Tática, Grupo de Apoio e Grupo Raio, além de servidores da secretaria municipal de Meio Ambiente, setor tributário e fiscalização municipal.

Conforme Só Notícias já informou, três estabelecimentos comerciais com atividades noturnas (casa de shows, bar e narguilé) localizados na região do bairro Jardim Florença, foram multados, entre sexta-feira à noite e madrugada de sábado, em R$ 39,8 mil cada, por poluição sonora.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: arquivo/assessoria)