Geral

Mais de 70% dos presos que participam de projeto em Sinop conseguem ressocialização

O Conselho da Comunidade de Sinop confirmou, ao Só Notícias, que mais de 70% dos reeducandos que são selecionados para participar do projeto de ressocialização com trabalhos nas ruas, conseguem retorno ao convívio na sociedade e afastamento da criminalidade. O trabalho é desenvolvido com apoio da prefeitura, que faz um repasse anual de R$ 288,6 mil através de Termo de Fomento.

Ainda de acordo com informações do Conselho da Comunidade de Sinop, o bom índice é obtido através do processo de profissionalização e reflete diretamente no afastamento da reincidência criminal. Os reeducandos saem preparados para enfrentar a realidade de buscar um emprego no mercado de trabalho.

Atualmente participam do projeto “Ressocialização – Capacitar para Reintegrar”, 51 presos. Eles são selecionados, liberados pela justiça, estão no regime semiaberto exercendo atividades como auxiliar de mecânica, auxiliar de pedreiro, auxiliar de almoxarifado, auxiliar geral de pátio, entre outros.

Só Notícias/Cleber Romero