Geral

Mais de 45% dos atendimentos no Procon de Lucas do Rio Verde são relativos a problemas financeiros

O levantamento do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) apontou que ,dos 3.673 dos atendimentos feitos de janeiro até agora, pelo Procon de Lucas do Rio Verde, 45,82% (1.649 pessoas) foram para denunciar ou reclamar dos assuntos financeiros. Só Notícias apurou que, na sequência do ranking, aparecem as telecomunicações (30,97%), produtos (9,97%), serviços essenciais (7,47), serviços privados (3,89%), saúde (1,47%), habitação (0,56%) e alimentos (0,03%).

Ainda de acordo com o sistema,  a telefonia celular está entre os assuntos mais demandados com 767 (21,31%) das denúncias e reclamações com cobrança indevida, abusiva, valor, reajuste, contrato, cancelamento de serviço, demora no atendimento, não envio do comprovante e vício de qualidade.

Os cartões de lojas aparecem em segundo com 359 (9,97%) clientes insatisfeitos com cálculo de prestação em atraso, cobrança indevida, abusiva, taxa de juros, não cumprimento, alteração, transferência, irregularidade, rescisão, cobrança vexatória, difamatória entre outras.

O terceiro mais demandado é de assuntos relacionados a banco comercial. São 263 (7,31%) consumidores que procuraram o Procon para reclamar cobrança indevida, não cumprimento de contrato, alteração, transferência, irregularidade, rescisão e problemas com crédito consignado.

Em Lucas do Rio Verde, 51% das reclamações foram feitas por homens com idades de 31 a 40 anos.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: Ederson Bones/arquivo)