Geral

Lucas: prefeito e religiosos debatem definição de área para atividades sociais

O prefeito Luiz Binotti e integrantes do Conselho de Ministros Evangélicos de Lucas do Rio Verde (Comel) e religiosos debateram, ontem à tarde, a definição de uma área ou local onde possam ser desenvolvidas as atividades sociais das dezenas de igrejas que contribuem para a prevenção e ao combate ao uso de drogas e desenvolvem ações que visam a promoção social e o bem-estar.

“Estamos trabalhando em um projeto de lei para enviar para câmara concedendo o direito de uso de imóvel público a estas organizações. A ideia é que possam desenvolver suas atividades e metodologia teológica na Comunidade Campinho Verde, um pouco afastado da agitação urbana para melhor cooperar na prevenção e transformação de pessoas com dependências químicas”, explicou Binotti, através da assessoria. Não foi mencionado quando o projeto será enviado para análise do legislativo e o tamanho da área.

A secretaria municipal de Saúde registrou que, “nos últimos anos foram verificadas 130 demandas ajuizadas envolvendo casos de drogadição (álcool e drogas ilícitas), sendo que pelo menos metade dos casos acarretaram em internações para tratamento”, informa a assessoria.

 

 

Só Notícias (foto: Dicler Tonelo)