Kaká nega noivado com modelo Carol Dias

Kaká, atualmente morando nos Estados Unidos, falou sobre o relacionamento com Carol Dias, de quem se aproximou através da religião, e negou que esteja noivo da modelo. “A gente não tem pressa, não tem nada marcado ainda. (…) Eu acho que é legal [casar], é até sonho dela também. No meu caso já tive essa experiência e acho que uma experiência para ela também seria legal, mas tudo tem seu tempo, sua hora. Vai chegar o momento da gente falar de noivados e casamentos”, disse o atleta ao programa “Amaury Jr.”.

Pai de Luca e Isabella, Kaká foi só elogios à eleita, cujo romance foi assumido no início do ano. “Estamos muito bem, estou feliz com essa nova fase. Uma pessoa que tem me ajudado a recomeçar, a viver essa novidade, trazer essa felicidade, então quero agradecer muito a Carol Dias. Já agradeço ela, falo sempre: ‘muito obrigada por você existir’, mas quero que ela saiba publicamente o quanto tem me ajudado e sido importante para mim”, declarou o jogador do Orlando City.

Durante a entrevista, Kaká relembrou também como surgiu o interesse pelo esporte e comentou que planeja ano sabático. “Estou com 35 anos, uma idade já avançada para um atleta profissional. Na minha cabeça, o que eu quero fazer quando parar de jogar, é tirar um ano sabático. Comecei a jogar com 8 anos, sério mesmo os 12, então são muitos anos fazendo isso e acho que mereço um ano descansando e até colocando a cabeça no lugar para saber o que eu quero fazer dentro do futebol. Quero continuar dentro do futebol”, garantiu. Questionado sobre a possibilidade de ser técnico, ele respondeu: “Hoje não passa pela minha cabeça, mas não sei também, não descarto. Nesse ano sabático acho que vou descobrir, vou estudar, voltar a fazer algumas coisas, viajar, e aí me preparar para voltar para o meio do futebol.”

Kaká relatou ainda que fora dos campos tem se dedicado a estudar. “É para realmente abrir minha visão com relação ao futebol, porque passei anos da minha carreira jogando dentro e o que acontece fora a gente não tem nem noção. Fiz um curso online pela Universidade do Futebol de São Paulo que foi muito interessante para mim, que abriu um pouco essa minha visão de entender o quanto um jogador é importante para a parte de marketing, para a parte financeira, como tudo isso tem que estar totalmente integrado o tempo inteiro. Esse é o meu interesse em conhecer um pouco mais dessas outras áreas para depois também ficar mais fácil de escolher aquilo que quero dar continuidade”, ponderou.

(Purepeople)

Tags