Geral

Justiça solta acusado de envolvimento em homicídio em Sinop

A justiça revogou a prisão temporária de um homem acusado de envolvimento no homicídio de Hélio Ferreira da Silva. A vítima foi assassinada a tiros, em junho de 2012, na estrada Ruth, na zona rural de Sinop.

A defesa entrou com pedido de revogação da prisão preventiva do acusado, afirmando que não persistiam “as razões para a manutenção da segregação”. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Estadual (MPE), a Justiça decidiu soltar o suspeito, sob a justificativa de evitar “constrangimento ilegal”.

“Ocorre que se extrai dos autos que transcorreu extenso lapso temporal sem que a investigação do crime em comento tenha, de fato, prosseguido, bem como não há informações de qualquer delito praticado pelo autuado durante este interregno, ou qualquer circunstância apta a fundamentar a segregação. Do mesmo modo, não se verifica qualquer ato do autuado no sentido de obstar as investigações ou com o fito de se furtar da aplicação da lei penal, tendo em vista que possui trabalho lícito, bem como residência fixa e documentos atualizados”, consta na decisão.

Ao definir a soltura, a Justiça estabeleceu o cumprimento de medidas cautelares. Desta forma, o acusado terá que comparecer bimestralmente ao fórum para “informar e justificar suas atividades” e não poderá sair da comarca sem autorização judicial.

Conforme Só Notícias já informou, testemunhas relataram que Hélio estava em uma bicicleta retornando para sua residência, após o trabalho, quando dois homens armados o encontraram no meio do caminho e fizeram os disparos. De acordo com uma parente da vítima, pouco antes do assassinato, os dois homens estiveram na casa da vítima.

Só Notícias/Herbert de Souza