Geral

Justiça manda soltar suspeito de furtar produtos de loja em Sinop e dizer que proprietário ‘é rico’

O juiz plantonista concedeu liberdade provisória ao suspeito preso, no sábado, após furtar uma loja de departamentos no bairro Setor Comercial. Ele passou por audiência de custódia ontem à tarde. O crime foi flagrado por funcionários e pelo circuito de monitoramento com câmeras de segurança. Outro envolvido fugiu.

O magistrado impôs medidas cautelares e o suspeito deve comparecer perante a autoridade todas as vezes que for chamado. Ele ainda não poderá mudar de residência sem prévia comunicação, bem como não pode se ausentar de Sinop por mais de 15 dias sem comunicar o lugar onde será encontrado.

De acordo com o boletim de ocorrência da prisão, o suspeito disse na delegacia de Polícia Civil que venderia os materiais levados no crime, uma vez que o proprietário da loja furtada “já é rico”.

Do local, ele o comparsa levaram uma furadeira, parafusadeira e martelete. Os materiais estavam em uma sacola e foram recuperados pela Polícia Militar, em um terreno nas proximidades.

Após a localização dos produtos, o suspeito foi pego na avenida dos Jacarandás. O outro suspeito ainda não foi pego.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo/arquivo)