Geral

Justiça incinera drogas em Sinop e manda mais de 500 armas para Cuiabá

Mais de 30 kilos de maconha, pasta base e cocaína foram incinerados, hoje de manhã, em Sinop, pelo Poder Judiciário. As drogas foram apreendidas pela polícia e estavam no fórum como prova de crimes. “Como os processos foram concluídos, decidimos destruir toda esta droga”, explicou o juiz criminal João Manoel Guerra, que acompanhou a incineração, juntamente com policiais, em um forno de uma madeireira. Também foram destruídos papéis e alguns documentos que estavam no fórum e que não tinham mais utilidade. “Fizemos uma correição e eliminamos uma grande quantidade de papéis que estava no arquivo, há mais de 10 anos, ocupando muito espaço e que já não têm importância”, explicou o magistrado. CDs piratas que também tinha sido apreendidos acabram destruídos.

O juiz disse ainda que determinou o envio, hoje de manhã, para Cuiabá, de mais de 500 armas que foram apreendidas pela polícia em Sinop e municípios da região, que integram a Comarca, e que estão relacionadas a processos judiciais. A escolta está sendo feita por policiais e as armas ficarão em um quartel do Exército.