Geral

Justiça Eleitoral vai convocar 20 mil mesários para trabalhar em Mato Grosso

Os 60 juízes eleitorais de Mato Grosso já começaram a expedir editais de convocação dos mesários que trabalharão na votação do referendo sobre venda de armas, marcado para 23 de outubro. Serão convocados cerca de 20 mil eleitores. O eleitor que não comparecer e não justificar a ausência ficará sujeito a penalidades previstas no Código Eleitoral.

O prazo para nomeação dos membros das juntas eleitorais, designação da localização das seções eleitorais e publicação do edital de convocação e nomeação de mesários encerra-se no dia 24 de agosto – 60 dias antes da votação.

A exemplo das eleições municipais de 2004, a Justiça Eleitoral convocará quatro mesários por seção eleitoral. A legislação permite a convocação de até seis mesários por seção. O TRE também está orientando os Cartórios Eleitorais a promoverem, sempre que possível, a agregação de seções. A meta é agregar 1.200 das 6.242 seções eleitorais existentes em Mato Grosso. Com isso, deixarão de ser convocados cerca de 4.000 mesários.

Em geral, os Cartórios Eleitorais publicam os editais em jornais, pedem a divulgação das listas às emissoras de rádio e televisão e enviam correspondência aos convocados pelos Correios. “No caso dos eleitores designados presidentes de seções eleitorais vamos tentar manter contato pessoal”, informou Breno Gasparoto, chefe do Cartório da 55ª Zona Eleitoral, com sede em Cuiabá. Esse Cartório está convocando cerca de 400 mesários.

Ainda segundo Gasparoto, por determinação da Juíza Eleitoral Sinii Savana Bosse Figueiredo (foto), estão sendo designados e convocados pelo menos um eleitor por local de votação. Eles vão atuar como coordenadores gerais, encarregados pela organização das seções nas escolas escolhidas como local de votação.

“Os coordenadores deverão chegar nos locais de votação às 6h45, ajudar na vistoria das respectivas seções, auxiliando na resolução dos problemas que eventualmente se apresentarem”, disse Gasparoto. Os coordenadores também ficarão encarregados de recolher, ao final da votação, os disquetes das urnas eletrônicas e entregá-los no Centro de Eventos Pantanal, onde ficará centralizada a totalização dos votos da votação no município de Cuiabá.