Geral

Julgamento de fazendeiro acusado de ser mandante de homicídio é retomado

O juiz Wendel Simplício retomou o julgamento de Vilmar Taffarel, depois de um intervalo de 15 minutos. Neste momento, continua a ser lido o processo que tem cerca de 1.200 páginas.

No plenário, do lado esquerdo, está a família da garotinha que foi assassinada, Keila Alba. No lado direito estão os familiares do acusado, Vilmar Taffarel. Também estão presentes os dois peritos que fizeram o laudo técnico no local do crime, Wilson Cunha e Carlos Ferracioli.

Não há previsão de quando termina o julgamento. Agora à tarde, será feita a oitiva das testemunhas. Taffarel é acusado de ser o mandante do atentado contra o ex-vereador Augusto Alba, em novembro de 2001, onde a filha de Augusto, de 12 anos, acabou sendo morta com um tiro. O conselho de sentença tem 5 homens e duas mulheres. O plenário da câmara está lotado. No ginásio de esportes, onde há um telão, cerca de 300 pessoas acompanham.