Geral

Juiz mantém na cadeia dupla acusada de matar produtor rural no Nortão

O juiz Fernando Kendi Ishikawa não autorizou a soltura de dois réus acusados de participar da morte do agricultor Elizeu Chiodi, 40 anos, ocorrido em março de 2018, em Feliz Natal (130 quilômetros de Sinop). As prisões foram reanalisadas pelo magistrado, que entendeu que não alteração nas “circunstâncias fáticas que ensejaram o decreto de custódia cautelar dos acionados, em conformidade com o parecer ministerial e com a decisão anterior”.

Estes dois réus são os únicos que estão presos pelo crime. Um mandado de prisão preventiva contra um terceiro acusado ainda não foi cumprido e segue em aberto. Já um outro réu pelo homicídio chegou a ir para a cadeia, no entanto, por determinação do juiz Juliano Hermont Hermes da Silva, foi colocado em liberdade, em julho do ano passado.

Três irão a júri popular pelo homicídio. Um dos suspeitos será julgado por homicídio qualificado, cometido por motivo torpe e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima. Também responde por ter, supostamente, organizado a execução do crime. Outros dois réus serão julgados por homicídio qualificado, cometido mediante recurso que dificultou a defesa da vítima.

O irmão de um réus também será submetido a julgamento, porém, apenas por receptação e estelionato, uma vez que é acusado de receber e tentar passar adiante um cheque furtado da vítima. Um quinto homem também teria participação no assassinato, porém, ainda não foi localizado e teve a ação penal desmembrada.

De acordo com as investigações, Elizeu possuía uma dívida com um dos suspeitos. Segundo consta na denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), um dos acusados teria induzido o agricultor a se deslocar até Feliz Natal, sob pretexto de o levar para um comprador de defensivos, como forma de amortizar a dívida. No entanto, na metade do trajeto, Chiodi acabou assassinado. O corpo foi encontrado um mês depois.

Os suspeitos foram presos em novembro de 2018.

Só Notícias/Herbert de Souza (foto: reprodução/arquivo)