Geral

Homem que matou cunhado em Cláudia pega 13 anos de prisão

Por 6 votos a 1, os jurados consideraram o réu Davi Corrêa da Silva culpado do assassinato que cometeu em agosto de 2002. O julgamento dele foi ontem, na comarca de Cláudia (90 km de Sinop). Davi foi condenado a 13 anos de prisão em regime fechado. Ele matou Wilson Andretta, seu ex-cunhado, com três golpes de faca. Davi era amasiado com a irmã de Wilson, da qual tinha se separado. No dia do crime, ele foi até a residência onde a ex-mulher estava e encontrou o cunhado dormindo, em uma cadeira, na sala. Ele teria, então, apunhalado Wilson, que morreu na hora.

Davi está preso na cadeia de Sinop. O júri foi presidido pela juíza Virgínia Viana Arrais. O próximo julgamento na comarca deverá ocorrer no mês de setembro.
Este foi o primeiro júri popular da comarca, instalada em dezembro do ano passado.