Geral

Gabeira diz que vai pedir expusão de filiados do PV que apoiarem Maggi

A expulsão dos correligionários do PV de Mato Grosso que insistirem em apoiar a reeleição do governador Blairo Maggi será pedida pelo deputado Fernando Gabeira (RJ). Ele reafirmou sua intenção ontem, durante passagem por Cuiabá, ressaltando que os membros do diretório estadual descumpriram orientação partidária apesar de não oficializarem coligação com os governistas.

O Estatuto partidário, segundo Gabiera, está sendo descumprido. “Eu sei que eles não se coligaram oficialmente com o PPS na eleição majoritária, mas apenas na proporcional. Tudo bem. Isso não quer dizer, mesmo assim, que eles não descumpriram uma orientação”, afirmou Gabeira ao jornal A Gazeta, ao ressaltar que proporá nova rodada de discussão sobre o assunto na executiva estadual.

Já o presidente estadual do PV, Aluízio Leite, nega qualquer descumprimento ao veto nacional. “A expulsão vai ser discutida como uma resposta a um ato político. Partido nenhum expulsa filiado por infringir lei, mas por desrespeitar determinações políticas”, completou.

Maggi, segundo Gabeira, é estigmatizado internacionalmente como o destruidor da Amazônia. O apoio ao governador que é o maior produtor individual de soja no mundo seria uma incoerência política.

“Não fizemos nada de errado. Nos coligamos apenas na eleição de deputado estadual. Os filiados são livres para apoiar quem quiser para governador. Só é estranho explicar à população o motivo desse rompimento se participamos do governo há quatro anos”, disse Leite.