Geral

FPI termina e apenas dois hotéis fizeram adequações totais em Sinop

A informação é do Corpo de Bombeiros de Sinop. Ao todo 28 hotéis foram visitados e apenas dois deles estavam com as adequações em dia. As demais empresas não cumpriram todas as exigências, mas estão fazendo a regularização por etapas.

A FPI (Fiscalização Preventiva Integrada) determinou àquelas empresas que ainda não se regularizaram, que encaminhem um documento para os órgãos de vigilância e saúde, com o pedido de prorrogação do prazo para regulamentação.

Desta vez foram estipulados prazos para efetuar determinadas regularizações. “Por exemplo, foi dado um prazo de 15 dias para fazer um reparo nas paredes, ou nos extintores. Depois será dado outro prazo para outra regularização. As empresas não terminaram tudo de uma vez porque os custos são altos, por isso pediram mais tempo”, disse ao Só Notícias, o soldado do Corpo de Bombeiros, Edvaldo Souza Krüger.

Só Notícias apurou que essas empresas terão até o final deste ano para se regularizarem totalmente. Provavelmente em novembro deste ano a FPI estará em Sinop, para fiscalizar os hotéis que pediram a prorrogação do prazo.

Cerca de 10 fiscais fizeram parte desta 2ª etapa de vistoria. Entre eles, representantes do Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária, Crea (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura), Prefeitura Municipal, Secretaria Municipal de Turismo e Procon (órgão de defesa do consumidor).